• (11) 2888-8987 / (11) 2863-8666

  • (11) 9.7376-0322 (Watsapp)

  • contato@prismapalestras.com

  • prisma.palestras

Seja Bem-vindo - Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017

Busca rápida

Palavra chave ou nome

Ou então:
Categorias
NewsLetter
Indique a Empresa

Ana Paula Padrão

Nasceu em Brasília (DF) em 25 de novembro de 1965. Filha de uma locutora de rádio e de um advogado, estudou balé clássico desde a infância até os 19 anos, quando chegou a fazer teste para o Grupo Corpo, de Belo Horizonte. Estudou Comunicação Social na Universidade de Brasília (UnB/DF).
 
Na Globo, passou pelas equipes de Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e Jornal Nacional, além de ter atuado como comentarista de Economia na época em que o Brasil buscava a estabilidade da moeda. Ao tornar-se correspondente internacional, realizou um sonho acalentado na infância: conhecer o mundo. Entre outras reportagens, cobriu a guerra de Kosovo e fez matéria especial
no Afeganistão, seu último trabalho antes de voltar para o Brasil.
 
Durante 1998 e até o final do primeiro semestre de 2000, foi correspondente da Globo em Londres – onde presenciou a prisão do ex-ditador chileno Augusto Pinochet (1915-2006), em outubro de 1998 – e Nova York. Convidada por Evandro Carlos de Andrade, assumiu a bancada do Jornal da Globo em 7 de agosto de 2000, na qual ficou até julho de 2005. Ao todo, foram 18
anos na emissora.
 
Mudou-se para o SBT (SP) a convite de Sílvio Santos, para fazer parte da concepção do principal jornal da rede: o SBT Brasil. O telejornal estreou em agosto de 2005 e Ana Paula nele permaneceu até novembro do ano seguinte, quando anunciou sua saída para produzir e apresentar na mesma emissora o programa SBT Realidade.
 
Deixou o SBT em abril de 2009 e já em maio assinou contrato com a Rede Record (SP) para, ao lado de Celso Freitas, fazer a apresentação diária do Jornal da Record. O acordo inclui a possibilidade de ela continuar fazendo reportagens especiais no Brasil e no exterior.
 
Em julho de 2009, uma pesquisa do Ibope Inteligência, encomendada pela revista Seleções Reader's Digest (RJ), mediu o grau de confiança em instituições e personalidades. Ana Paula foi apontada como a jornalista mais confiável do País, com 85% das indicações.
 
Com Eliane Brum e Maurício Kubrusly, participou do júri da 6ª edição do Concurso Universitário de Jornalismo CNN em 2010. Com Lillian Witte Fibe e Paulo Markun participou do debate Telejornalismo – O Brasil visto pela TV, na 4ª série dos Encontros Estadão & Cultura que jornal O Estado de S.Paulo promoveu em agosto de 2010, com foco nos 60 anos da tevê no Brasil.
 
Comandou a cobertura da apuração das eleições de 2010 pela TV Record. Integrou a lista de finalistas do Prêmio Comunique-se 2011, na categoria Apresentador/
Âncora.
 
Em 20 de julho de 2011 recebeu a Medalha de Mérito Santos-Dumont concedida pelo Ministério da Defesa/Comando da Aeronáutica. Em 9 de agosto do mesmo ano lançou o portal Tempo de Mulher, hoje hospedado no MSN Brasil, "com instrumentos de pesquisa para a manutenção de um grande banco de dados sobre a mulher brasileira", declarou ela.
 
Com sua delicadeza e imagem feminina, a jornalista Ana Paula Padrão foi muito procurada pelas mulheres. Após 27 anos na TV, hoje se dedica à causa feminina no portal “Tempo de Mulher” e nas palestras de empoderamento da mulher no mundo dos negócios.

Imprimir

Solicitar Proposta

Site melhor visualizado no Google Chrome
Design by Elaboração e Criação de Sites

Escritório São Paulo
Rua Vieira de Morais, 80 - 15º Andar - Campo Belo - São Paulo - SP
(11) 2888-8987
(11) 2863-8666
Urgência: (11) 9.7376-0322

Escritório EUA
81 Garden St - 3rd floor
Ironbound - Newark - NJ
(347) 982-5070