Alexandre Schwartsman

Foi Economista Chefe para o Brasil do Banco Santander de maio de 2008 até março de 2011, vindo do Banco Real ABN AMRO, onde era economista chefe para a América Latina. Foi, entre novembro de 2003 e abril de 2006, Diretor para Assuntos Internacionais do Banco Central do Brasil e membro votante do Copom. Foi, de maio de 2011 a fevereiro de 2013, membro do Conselho de Administração da VIVER S.A.. É Doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley) e, além de ter atuado como economista em várias instituições financeiras e não-financeiras no Brasil, foi professor da Universidade de São Paulo (USP), da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), e do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC-SP), tornando-se mais recentemente professor do Insper (Instituto de Pesquisa e Ensino). Mantém uma coluna semanal na Folha de S. Paulo.